Logotipo OMI JPIC

Justiça, Paz e Integridade da Criação

Oblatos Missionários de Maria Imaculada  Província dos Estados Unidos

Logotipo da OMI
Ministérios da OMI
Traduza esta página:

Nações Unidas

Os Missionários Oblatos de Maria Imaculada representam seus membros no Nações Unidas através da sua afiliação com Comunicações Globais da ONU, Unidade da Sociedade Civil e  ECOSOC (Econômico e Social Conselho da ONU) através de VIVAT International. VIVAT International é um consórcio de congregações religiosas que se uniram para serem reconhecidas como uma pelo ECOSOC. (A lista de membros do VIVAT pode ser encontrado em seu site).

Nossas áreas de trabalho são principalmente com organizações da sociedade civil (OSC) e nas Nações Unidas (ONU) em Nova York com o Conselho Econômico e Social (ECOSOC)  às vezes com o Assembléia Geral (GA) e mais frequentemente com a questão de Direitos humanos em Genebra (OHCHR).

Onde aplicável, também conectamos nosso trabalho com Observações internacionais das Nações Unidas.

OMI e Vivat International são reconhecidas como Organizações da Sociedade Civil (OSC) pelas Nações Unidas e apoiamos os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável como um modelo para alcançar um futuro melhor e mais sustentável para todos. Clique aqui para ler mais sobre do ONU Sustentável Desenvolvimento Objetivos: 2015-2030.

Embora as Nações Unidas sejam uma organização internacional dirigida e representando estados-nação, há um papel importante para ONGs e representantes da sociedade civil. Representantes de ONGs podem participar de fóruns da ONU, enviando comentários e organizando eventos paralelos. Eles podem estar presentes na maioria das sessões abertas e monitorar ativamente as discussões. Eles têm voz em algumas sessões formais, como as reuniões preparatórias de alto nível convocadas sobre Financiamento para o Desenvolvimento e são convidados a participar das mesas-redondas.

O contato freqüente com representantes de países e com pessoal da ONU nos dá a oportunidade de chamar a atenção para as realidades e perspectivas daqueles ao redor do mundo com os quais trabalhamos. Muitas vezes, as informações e experiências que podemos compartilhar são únicas e muito apreciadas.


Pe. Daniel Leblanc, OMI também atua no Comitê de ONGs sobre os direitos dos povos indígenas  as 
Secretário de Comunicações.

Pe. Daniel é membro dos Oblatos Missionários de Maria Imaculada desde 1971. Ele é canadense, mas trabalhou no Peru desde a 1978 até sua nomeação no Escritório JPIC da Administração Geral dos Oblatos em abril de 2007. Ele representa a Congregação Oblata, reconhecida como uma ONG nas Nações Unidas, onde acompanha o trabalho da Comissões de Desenvolvimento Social, incluindo o subcomitê de erradicação da pobreza, Desenvolvimento sustentável, Fórum dos Povos Indígenas, Financiamento para desenvolvimento e migração. Neste trabalho, ele colabora estreitamente com a VIVAT International.

Durante seus trinta anos no Peru, Daniel serviu como pastor de várias paróquias na Diocese de Carabayllo (Lima) e na selva alta. Ele trabalhou em uma variedade de questões de justiça, desde assistência a vítimas do terrorismo até a investigação de valas comuns e a ajuda para levar os perpetradores à justiça. Ele também estudou Direito na Pontifícia Universidade Católica do Peru (PUCP). Por muitos anos, ele foi membro, assim como Presidente da Comissão Latino-Americana de Justiça, Paz e Integridade da Criação (JPIC).



Links:

Voltar ao Topo