Logotipo OMI JPIC

Justiça, Paz e Integridade da Criação

Oblatos Missionários de Maria Imaculada  Província dos Estados Unidos

Logotipo da OMI
News
Traduza esta página:

Notícias recentes

news feed

Arquivos de notícias


Vídeo e áudio mais recentes

Mais vídeo e áudio>

Arquivo de notícias »cardinal george omi


O cardeal George pede o fim das incursões de imigração Março 23rd, 2009

No sábado, março 21, o cardeal France George OMI, presidente da Conferência dos Bispos Católicos dos EUA, convocou a Casa Branca de Obama a acabar com invasões de imigração que estão dividindo famílias. Ele desafiou o atual governo a viver de acordo com suas promessas de mudança de campanha, trabalhando para a reforma da imigração.

O cardeal George falou para várias centenas de pessoas que participaram de um fórum de oração inter-religioso dentro da Igreja Our Lady of Mercy em Albany Park, em Chicago. O fórum foi organizado por defensores que pediam mudanças na política de imigração dos EUA. Foi organizado em colaboração com o Representante dos EUA, Luis Gutierrez (D-IL), como parte de um tour por 17 cidades com foco na imigração. O cardeal George articulou a posição da Igreja Católica sobre a imigração como aquela que não aprova que as pessoas violem a lei, mas que acredita que todos merecem respeito. Ele disse que o fim das batidas de surpresa demonstraria a sinceridade do governo aos eleitores da comunidade de imigrantes.


Cardeal George, OMI escreve o presidente Obama, articula prioridades da Igreja Católica Janeiro 23rd, 2009

Francis Cardinal George, OMI - como presidente da Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos - escreveu ao presidente Obama aconselhando-o a não “... reverter as políticas atuais contra a destruição de vidas humanas não patrocinadas pelo governo”. (Download PDF da carta)

Em uma segunda carta enfocando uma gama mais ampla de questões, o cardeal George descreve os princípios e as prioridades que orientam os esforços de políticas públicas da Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos (USCCB). Nele, ele traça uma agenda de diálogo e ação, e expressa o desejo de trabalhar junto com a nova Administração “... para defender a vida e a dignidade humanas e construir uma nação de maior justiça e um mundo em paz”. O foco está nas necessidades dos pobres, marginalizados e não nascidos, e incluiu um apelo à renovação de uma liderança internacional responsável. (Download PDF da carta)

Voltar ao Topo