Logotipo OMI JPIC

Justiça, Paz e Integridade da Criação

Oblatos Missionários de Maria Imaculada  Província dos Estados Unidos

Logotipo da OMI
Notícias
Traduza esta página:

Notícias recentes

news feed

Arquivos de notícias


Vídeo e áudio mais recentes

Mais vídeo e áudio>

Presença oblata no Sínodo Especial do Amazon 2019

Outubro 10th, 2019

VATICANO

Quando o Papa Francisco anunciou em outubro o 15, o 2017 um novo Sínodo Especial para a Região Pan-Amazônica, todo o processo de escuta e diálogo com os povos amazônicos de nove países (Brasil, Peru, Bolívia, Colômbia, Equador, Venezuela, Guiana, Suriname e Guiana Francesa) encontrou um impulso que só poderia vir daqueles que conhecem esses gritos e preocupações , essas propostas e desafios. O Papa latino-americano com este Sínodo Pan-Amazônico nos convida a dialogar, discernir, ouvir, pedir a Deus, a fim de encontrar novos caminhos para a Igreja e uma ecologia integral.

O Santo Padre os chamou para participar como Padres sinodais de outubro de XIX a XIX em Roma, onde esse importante evento eclesial ocorrerá, reunindo mais de pessoas da 250. Eles incluem bispos, missionários, leigos, especialistas e convidados especiais, que por três semanas terão a tarefa de discernir com o Papa Francisco como colocar em prática Evangelium gaudium e nos Laudate sí.

Transmitimos essa grande alegria a todos os pertencentes à família Mazenodiana de que dois de nossos irmãos serão participantes do Sínodo para compartilhar seus testemunhos vividos com os povos da Amazônia.

Bispo Jan KOT, Bispo da diocese de Zé Doca, um território da Amazônia brasileira, é um dos bispos que representam a Região Pan-Amazônica. Pe. Roberto CARRASCO, da Delegação Geral do Peru, também foi eleito Pai Sínodo da lista de delegados da União dos Superiores Gerais.

O bispo Kot é um missionário oblato da Polônia. Ele era vigário da paróquia em Siedlce, na Polônia, antes de chegar ao Brasil em 1994. Ele serviu como pároco, primeiro em Jussarval e depois em Vitória de Santo Antão, arquidiocese de Olinda e Recife. Foi também pároco da Paróquia do Sagrado Coração de Maria, em Alegre do Fidalgo, na diocese de San Raimundo Nonato. Desde 2014, atua como bispo da diocese de Zé Doca, na região amazônica do Brasil.

Pe. Roberto Carrasco conclui o curso de Comunicação Social na Pontifícia Universidade Salesiana de Roma. Ele trabalhou por quatro anos na Missão de Aucayacu, diocese de Huánuco, como diretor da Rádio Amistad. Ele então se mudou para a Missão de Santa Clotilde, no rio Napo, onde por sete anos atuou como vigário da paróquia. No Vicariato Apostólico de São José da Amazônia, atuou também como coordenador da Pastoral Indígena. Atualmente, ele lidera uma iniciativa conjunta chamada “Amazônia: Casa Común” um espaço onde várias congregações religiosas, organizações da Igreja e organizações da sociedade civil interagem digitalmente em seu trabalho com os povos da Amazônia. Eles prepararam mais de cem atividades que serão realizadas com o objetivo de acompanhar o Sínodo em outubro deste ano.

Ambos pe. Roberto Carrasco e Mons. Jan Kot, com o espírito e o carisma de Santo Eugênio De Mazenod, está presente no desenvolvimento do Sínodo Pan-Amazônico, vivendo e compartilhando essa colegialidade que nada mais é do que “caminhar juntos” por uma Igreja que também tem um rosto amazônico. .

 

 

 

Voltar ao Topo