Logotipo OMI JPIC

Justiça, Paz e Integridade da Criação

Oblatos Missionários de Maria Imaculada  Província dos Estados Unidos

Logotipo da OMI
Notícias
Traduza esta página:

Notícias recentes

news feed

Arquivos de notícias


Vídeo e áudio mais recentes

Mais vídeo e áudio>

Oblatos unem-se à coalizão religiosa pedindo a investigação pelo Departamento de Defesa dos EUA sobre o uso da tortura

10 de junho de 2009

O escritório Missionário Oblatos de Maria Imaculada Justiça, Paz e Integridade da Criação juntou-se ao Sobreviventes de Abolição por Tortura Apóiam a Coalizão e mais do que 180 outras organizações em chamar o procurador-geral Eric Holder para investigar e processar membros da administração Bush por violações das leis dos EUA e internacionais referentes à tortura.

“O recente endosso dos Oblatos é a última demonstração de apoio dos católicos que veem que o ensinamento social da Igreja não está sendo endossado por pessoas no poder”, disse a diretora do programa TASSC, Irmã Alice Zachmann, IENS.

O anúncio foi feito dias depois que a Campanha Religiosa Nacional Contra a Tortura patrocinou uma conferência sobre tortura, a lei e o ensino social católico moderno na Escola de Direito da Universidade Católica da América em Columbus.

Naquela conferência, o professor do Instituto de Estudos para a Paz da Universidade de Notre Dame Kroc, George Lopez, disse que a maneira dos militares dos EUA de fazer guerra desde o conflito do Golfo Pérsico inclui fazer guerra à população civil.

“No novo paradigma da guerra, os militares guerreiam contra os cidadãos destruindo as obras públicas e a infraestrutura das comunidades e isso continua afetando a população do país anos após o fim da guerra”, disse Lopez. “O novo paradigma da tortura visa não apenas terroristas, mas simpatizantes da comunidade. O objetivo é enviar simpatizantes de volta às suas aldeias para servir de exemplo do que acontecerá se eles se oporem ao poderio militar dos governantes da região ”.

Harold Nelson, coordenador de defesa do TASSC, disse que sente que a responsabilidade é necessária para que a administração Obama, uma presidência já em apuros pelos problemas econômicos do país, prove que leva a sério a proteção dos direitos humanos, não apenas lucrando com o "apelido de mudança".

“Qualquer coisa menos do que investigação e, se justificado, processo contra importantes figuras da administração Bush por envolvimento em tortura constituirá uma falha do presidente Obama em fazer cumprir a lei e, portanto, uma traição de seu juramento”.

O endosso dos Oblatos acontece apenas três meses antes de a TASSC comemorar seu 12th mês anual de conscientização sobre a tortura, destacado pela semana dos sobreviventes em junho 26.

O evento contará com uma vigília 24-hora em Lafayette Park, enquanto sobreviventes da tortura de todo o mundo convergem na capital para se solidarizarem uns com os outros e trabalharem para o fim dessa degradação da humanidade.

Para mais informações sobre a visita da semana dos sobreviventes TASSC

Voltar ao Topo